Antologia quase poética

domingo, agosto 09, 2009 2 comentários

"Porque metade de mim é plateia,
e a outra metade é canção"
(Metade, Ferreira Gullar)

Numa atitude tipicamente narcisista, os próximos posts serão voltados para o meu eu. Sendo assim, para não dizer que não falei dos discos, segue a lista de cinco álbuns, interpretados por cinco cantoras (conhecidas ou não), que me inspiram, emocionam e me fazem chorar ao ouvir, no mínimo, cinco vezes as mesmas canções.




"Que belo estranho dia pra se ter alegria"
Roberta Sá
Lançado em 2007
1. O pedido
2. Alô fevereiro
3. Interessa?
4. Mais alguém
5. Janeiros
6. Fogo e gasolina
7. Belo estranho dia de amanhã
8. Cansei de esperar você
9. Laranjeira
10. Samba de amor é ódio
11. Novo amor
12. Samba de um minuto
13. Girando na renda
Se você quiser saber, interessa? http://www.robertasa.com.br/index_pt.html

(2) Comments

  1. Diego On 17 de agosto de 2009 11:21

    Eu só lembro de ti qdo. vejo a Roberta Sá =D

     
    Rubens Amadeus Mozart On 18 de maio de 2010 01:45

    Esse disco é perfeito, Ou quase porque fogo e gasolina é ruim(E tem o Lenine! Devia ser boa!), Não vá subir na laranjeira, veja lá! se você cair do galho eu não vou lhe levantar!